Dicas de Português com Dilsa Farias

Em português, quando as palavras assemelham-se na grafia, mas possuem significados distintos, elas recebem o nome de parônimas. Em virtude da proximidade ortográfica que há entre elas, causam muitas dúvidas e fazem muitas pessoas equivocarem-se em sua utilização. Acompanhe a seguir alguns exemplos:

Todos os dias o fazendeiro precisa arrear o cavalo. (colocar arreio)

Todos os dias o fazendeiro precisa arriar sua neta do cavalo. (fazer descer, abaixar)

Mantenha discrição (ser reservado) ao fazer a descrição (ato de descrever) do problema.

O tráfego (movimento intenso de carro) ficou intenso em razão de uma manifestação contra o tráfico (comércio ilícito) de drogas.

Com os exemplos, é possível perceber que, em alguns momentos, o contexto (situação) pode auxiliar, entretanto, conhecer o significado das palavras é o caminho mais seguro para não se equivocar.

Dilsa Farias, Professora de Língua Portuguesa e Literatura. Atualmente, ocupa uma cadeira na Academia de Letras e Artes de Gravatá como Historiadora e Colecionadora de fotos antigas da cidade e de seu povo. Como Historiadora, ela se empenha em resgatar o passado da cidade e registrar o presente. E-mail: dilsamaria@gmail.com

Copyright © 2017 - verasoutomaior.com - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Viva Comunicação PE