Falando sobre Nutrição com Riso Calazans

08.05.2018

Sabe como é difícil encontrar uma dieta que funcione? 

 

Dieta da proteína, paleolítica, atkins, low carb, dieta da lua, da sopa..etc…São várias opções! Mas já reparou que funciona pra uma parcela da população e para grande maioria acaba recaindo no efeito sanfona?

 

Essa pergunta parece óbvia, mas é um tema importante de ser discutido.

 

Boa parte das vezes a dieta não funciona porque não foi feita pra você. Simplesmente isso. A dieta da revista não é para você, a da sua amiga também não é para você. Lembrando também que endócrino não pode prescrever dieta, educar físico também não, médico também não e coach de emagrecimento também não – a não ser quem é nutricionista. Por lei, só o nutricionista pode prescrever dieta: é uma atividade privativa. E se há uma lei é porque tem um bom motivo.

 

O nutricionista estuda no mínimo 4 anos – fora as pós graduações –

 

É que nem quando você está doente e se automedica procurando o nome de um remédio ou doença no google. Em alguns casos até ajuda se for algo simples, mas no fundo você sabe que na maioria das vezes não vai funcionar 100% porque quem sabe a dosagem adequada e a doença real é só um médico. Pode causar até problemas mais graves.

E com alimentação é essa mesma linha de raciocínio. A internet não tem o suplemento que você precisa, nem como você precisa tomar, não tem uma dieta que seja sua. Pode até ser que melhore um pouco sim, mas não vai ser eficaz nem personalizado. No caso de atletas nem se fala: se cada segundo faz diferença na performance final, por que correr o risco de uma dieta que não é para você?

Outro ponto importante: não pense em “dieta” como algo ruim e restritivo. A dieta nada mais é do que aquilo que você come todos os dias. E você deve ter prazer em comer, seu organismo merece alimentos de boa qualidade que vão te proporcionar bem estar e saúde.

Faça isso por você!


ANSIEDADE X ALIMENTACAO

 

A ansiedade e o estresse já se tornaram rotineiros para você? 

Talvez seja preciso dar uma atenção ao tipo de alimentação que você vêm seguindo. 

• Tudo precisa de um certo tipo de combustível para funcionar. 
Se você utilizar um combustível de má qualidade, é muito provável que o rendimento e a qualidade deste funcionamento seja comprometida também. Pense bem!

• Enquanto não é possível controlar tudo o que acontece ao seu redor, você possui total controle sobre os alimentos que escolhe ingerir. 
São estes os alimentos que podem ajudar - e muito - a diminuir os sintomas da ansiedade e do estresse. 👍🏻

• Que alimentos você anda utilizando como combustível? Eles estão trabalhando a seu favor ou contra você? 😔

• Foque em uma alimentação limpa, opte por gorduras boas (como o óleo de coco, o abacate e as oleaginosas), escolha ômega-3 com maior quantidade de EPA e principalmente de DHA, alimentos ricos em magnésio (espinafre, peixes e gergelim) e capriche na ingestão dos fitoquímicos presentes nos chás (chá verde, de gengibre). 

• Evite os industrializados, processados e conservantes. Elimine os carboidratos refinados e os açúcares. Muita cautela com a cafeína e com o álcool. 

• Por fim, lembre-se: você tem a total liberdade para optar pelo que bem achar para a própria vida. Isso não quer dizer, porém, que suas escolhas não terão consequências lá na frente. Escolha bem: sua saúde agradecerá.

 

RISO CALAZANS
Nutricionista
Esp. Em  Nutrição Esportiva,Clinica com Enfase em Emagrecimento, Estetica e Fitoterapia.
Crn6 -  15610
Contatos:  81-92295487 wat-zap instragam @Risocalazans / facebook/Riso Calazans/programa de emagrecimento 6Rs.
Atendimento na Uniclinica Gravata.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Copyright © 2017 - verasoutomaior.com - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Viva Comunicação PE