Gengivite na Gravidez com Dra Liana Leite

20.09.2018

 

A gravidez é uma fase na vida da mulher que requer cuidado e atenção. Com todas as alterações hormonais e mudanças pelas quais passam durante a gestação é normal que sintam várias coisas ao mesmo tempo. Entre todas essas mudanças e coisas que elas podem ter e sentir está o caso de gengivite. A gengivite na gestação é também conhecida como gengivite gravídica, devido a seu aparecimento ser muito comum durante a gravidez.

 

O que É Gengivite Gravídica

 

Gengivite é uma inflamação nas gengivas decorrente do acúmulo de placas. A gengivite gravídica também é uma inflamação das gengivas em decorrência do acúmulo de placas. Ela leva esse nome, em específico, devido ao seu constante aparecimento entre as gestantes, que por causa de alterações hormonais ficam mais propensas a terem problemas como esses.

 

A principal característica da gengivite é a inflamação e o sangramento das gengivas, seu sangramento pode ser ocasionado, por exemplo, pelo simples fato de escovar os dentes. Como a região pode ficar bastante sensível e dolorida por conta da inflamação, o incômodo que elas causam acaba sendo inevitável.

A gengivite na gestação pode ser tratada e evitada com uma limpeza cuidadosa pela própria gestante no conforto de sua casa, escovando os dentes a cada refeição e usando o fio dental sempre, pelo menos 3x ao dia. Mas atenção, a causa da gengivite gravídica pode ser tanto por alterações hormonais como por placa bacteriana. Dessa forma, o seu diagnóstico só poderá ser feito através de uma consulta com o dentista.

Fazer uma consulta ao dentista é importante, pois só ele saberá de fato o que está ocorrendo com a sua saúde bucal, pois mesmo que decida por não ir ao dentista e opta por fazer a higienização bucal por conta própria, suas gengivas ainda poderão ter sangramentos, ainda que faça a limpeza dos dentes de maneira correta.

Isso poderá ocorrer devido ao fato de que a gengivite gravídica não se dá em consequência de uma placa bacteriana, e sim devido ao desequilíbrio hormonal. Por isso que é importante a consulta com um profissional da área, pois além de saber o que se deve fazer ele evitará também um possível agravamento da sua gengivite, não deixando que evolua, assim, para algum caso mais sério. Pelo menos 11% dos casos de gengivite causa parto prematuro e crianças de baixo peso

 

Dra Liana Leite

Especialista em Endodontia

atende na Uniclinica Estética e Odontologia  (81) 353-36218

Instagram  Dra_lianaleite 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Copyright © 2017 - verasoutomaior.com - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Viva Comunicação PE