Nossa Língua Portuguesa por Dilsa Farias

06.11.2018

Com cerca de 250 milhões de falantes, a língua portuguesa é, atualmente, a quinta língua mais falada do mundo. Tendo sua origem no latim, mais propriamente no latim vulgar, o português é uma língua neolatina, também chamada de língua românica.

O latim era a língua oficial do império romano. Existia o Latim Clássico e o latim vulgar que era a modalidade usada pelo povo, ou seja, pelas classes mais baixas e pelas pessoas de menor cultura.

Nasceu na Itália numa região chamada Lácio, que hoje não existe mais, geograficamente falando.

Apesar de ter nascido de uma cultura popular, não justifica que nossa Língua seja considerada dessa forma, pois na verdade, Olavo Bilac já dizia em seus versos, definindo o nosso Português:

“Última flor do Lácio, inculta e bela,

És, a um tempo, esplendor e sepultura:

Ouro nativo, que na ganga impura:

A bruta mina entre os cascalhos vela...”

No entanto, ela apresenta algumas dificuldades para falar corretamente.

É necessário dedicação, interesse e estudo, afinal é a nossa Língua mãe.

Toda Língua é evolutiva, muitas palavras surgem com o tempo. Algumas se tornam em desuso e novas palavras vão aparecendo. Outras estão adormecidas e de repente despertam para que as usemos novamente.

Muitas vezes torna-se complicado entendermos algumas palavras que escutamos pela primeira vez (neologismos). Todo ser humano passa por isso.

Quando iniciei minha vida no Magistério, tive a oportunidade de ensinar ao lado de grandes mestres que antes foram meus professores.

Vou contar um fato interessante que aconteceu no início de minha carreira profissional.

Estávamos fazendo um planejamento para os alunos do Ensino Médio, daí um professor muito experiente, me apresenta os conteúdos e fala assim: “colega vamos excluir os assuntos mais obsoletos.” Eu fiquei toda atrapalhada. Não tinha ideia do que seria essa palavra. Mas pelo contexto, compreendi que seria algo que não era necessário. Então confirmei que sim.

Logo, fui até a Biblioteca, procurei um dicionário e li o significado de “obsoleto” e encontrei os seguintes significados:

 arcaico, antigo, fora de moda, ultrapassado, antiquado.

Fiquei feliz, pois pelo menos concordei corretamente e ao mesmo tempo aprendi mais uma palavra da nossa tão querida Língua Portuguesa.

 

 

Dilsa Farias, Professora de Língua Portuguesa e Literatura. Atualmente, ocupa uma cadeira na Academia de Letras e Artes de Gravatá como Historiadora e Colecionadora de fotos antigas da cidade e de seu povo. 
Como Historiadora, ela se empenha em resgatar  o passado da cidade  e registrar o presente.
E-mail: dilsamaria@gmail.com

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Copyright © 2017 - verasoutomaior.com - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Viva Comunicação PE