Câncer de Pele sob o olhar da Dra Aline Piol

Agricultores estão entre os pacientes com maior risco de desenvolver câncer de pele, devido à maior exposição solar ao longo da vida. Aproveito a história do Seu Antônio (nome fictício) agricultor da zona rural de Gravatá, de quem já retirei cinco lesões de câncer de pele para chamar a atenção dos jovens agricultores a tomarem medidas preventivas para evitar o câncer de pele no futuro. Seu Antônio já chegou no meu consultório aos 75 anos, com a pele já bem castigada pelo Sol, várias lesões precursoras e três lesões evidentes de câncer de pele, na face, orelha e colo. Depois da primeira fase de cirurgias para retirada das lesões de câncer e tratamento das lesões precursoras, Seu Antônio entendeu que a proteção solar tem que fazer parte da sua rotina e que o dano que já foi feito ainda é capaz de desenvolver novas lesões, tanto que já retiramos mais duas nos dois anos seguintes. Felizmente todas as lesões foram tratadas com sucesso, porém estamos sempre vigilantes e atentos ao aparecimento de qualquer nova lesão e o acompanhamento dele exige consultas semestrais de rotina para exame minucioso da pele. Seu António hoje não trabalha mais no roçado. É um conselheiro dos jovens agricultores da sua região. Ensina seus filhos, sobrinhos e netos a usar blusas de manga comprida, chapéus e protetor solar. Câncer de Pele tem cura, mas pode deixar sequelas e deformidades permanentes. A prevenção ainda é o melhor remédio!


Dra. Aline Piol CRM 17332

Atende na Uniclínica Gravatá e IMB Recife

📞81-99876.6139 / 3533.6218


Copyright © 2017 - verasoutomaior.com - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Viva Comunicação PE