Como podemos administrar nossos pensamentos? com o Psicólogo Shandy Gama

12.02.2019

 

            No texto anterior entendemos como são as classificações dos pensamentos, vimos que os chamados pensamentos automáticos são classificados em dois tipos: os pensamentos automáticos disfuncionais e pensamentos automáticos funcionais. Entendemos também que os pensamentos responsáveis por adoecimentos são os pensamentos automáticos disfuncionais, e são eles que devemos aprender a administrar...vale ressaltar que as práticas devem ser supervisionadas pelo psicólogo de preferência um terapeuta cognitivo comportamental (TCC), e como tais seria muito complicado esmiuçá-las aqui em um texto tão curto, porém algumas atitudes rotineiras podem te ajudar muito nesse processo.

            Para começarmos você precisa entender uma coisa básica, os pensamentos automáticos são muitos rápidos e superficiais sendo assim na grande maioria das vezes somos acometidos apenas pela sensação que eles nos deixam (emoção), esse é o primeiro passo! Para você começar o processo de administração você tem de primeiro identificar esses pensamentos afinal como poderíamos administra algo/alguma coisa no qual eu não conseguimos identificar? Desse modo toda vez que for acometido por uma emoção ou sensação negativa pare e pense que tipo de pensamento automático surgiu antes dessa sensação (na maioria das vezes são vários).

            Segundo passo é “conversar” com esse pensamento, perguntar sempre a credibilidade dele vai fazer com que você em muitos casos elimine qualquer tipo de dedução arbitrária inconsciente do seu cérebro.

            Terceiro passo reafirme esse pensamento de uma forma POSITIVA, após eliminar os pensamentos disfuncionais você precisa repor um pensamento funcional no lugar deste. Assim dificilmente ele irá retornar com o mesmo sentido de lógica anterior.

            Quarto passo é o mais simples e bobo, porém muita gente esquece de seguir essa lógica por estar tão abalado pelos pensamentos disfuncionais. Sabemos já que o primeiro passo é perguntar a credibilidade desse pensamento...ta! mas se esses pensamentos tiverem sim credibilidade? ou seja, seja um fato. Procure se acalmar dentro do possível (para isso utilize algumas técnicas como a da respiração profunda), para que seu cérebro possa trabalhar da forma mais consciente possível, e busque por possíveis soluções FUNCIONAIS (positivas) para lidar com a problemática da situação.

 

 

Shandy Gama

Psicólogo e graduando em Terapia Cognitivo Comportamental (TCC)

Contato:(81) 9.99090602

Clinica FMC: Av. Min. Marcos Freire, 1615, sala 311 – Olinda Clinical Center – Bairro Novo, Olinda. Fone: 3494.3247

Rua Senador José Henrique, 103, sala 301 – Edf. Praia de Guarapari – Ilha do Leite, Recife

CENTRAL DE MARCAÇÃO DE CONSULTAS: 4100.068198871.0681

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Copyright © 2017 - verasoutomaior.com - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Viva Comunicação PE