Sinais importantes de quem está pensando em cometer suicídio, com o Psicólogo Shandy Gama

19.09.2019

 

            Esse mês faz um ano que discutimos e refletimos por via deste blog sobre várias temáticas interessantes e de cunho social, há um ano nós abordávamos aqui nossa primeira publicação “Precisamos falar sobre o suicídio”, do qual seria muito interessante rever esse conteúdo disponível aqui no blog. Pois bem... para fazer jus a nossa primeira publicação e ao mês de setembro que é dedicado a causa da prevenção ao suicídio, hoje como pudemos ver no título acima iremos abordar pontos importantes que possam nos ajudar nessa prevenção e unirmos força nessa causa.

            Sabemos que a cada ano mais de 800 mil pessoas cometem suicídio no mundo, para auxiliar nessa estatística vamos prestar bastante atenção em alguns sinais das pessoas com as quais você se relaciona.

  • Falar constantemente de forma direta ou de forma indireta sobre não estar vivo. As pessoas que falam muito fazendo alusão sobre não estar vivo, mortes ou diretamente sobre cometer suicídio tem 30 vezes mais chance de tentar o ato suicida. Então vamos esquecer aquela história de que “quem quer se matar não sai comentando ou anunciando pras pessoas”, “cão que late não morde”, “quem quer faz e pronto” e que nem sempre as pessoas falam de forma direta “eu vou me matar”, é comum ouvir frases mais indiretas como “eu sou um peso pra todo mundo”, “tudo seria melhor sem mim”.

 

Afastamento de família, amigo e interesses pessoais. Sabemos que 80% das pessoas que cometem suicídio tem depressão e esses sinais são mais fáceis de perceber.

Se ultimamente a pessoa do qual você desconfia deixou de falar com alguns amigos, deixou de fazer o que ela gostava ou deixou de visitar quem ela visitava é importante ficarmos muito atentos e tentarmos ajudar, como: “ Oi João, tudo bem? Faz tempo que você nem fala e nem sai com a gente, nunca mais te vi também na aula de canto.... você ta bem? Eu posso te ajudar?”

 

  • Começar a se despedir de lugares, pessoas e objetos.

As pessoas logo que decidem cometer suicídio decidem em sua maioria rever alguns lugares e algumas pessoas, como se fosse um ritual de despedida. Nessas situações também podemos demonstrar apoio como: “Olá João, tudo bem? Eu vi que você doou toda sua coleção de discografia e livros, também combinou de reencontrar amigos de infância... pode soar desconfiado, mas ta tudo indo bem com você? Me preocupo muito como você vai.”

 

Se não for nada demais você vai poder deixar uma pessoa feliz por ter se importado com ela, rir e por o papo em dia, mas se realmente você estava correto em suas desconfianças, você detectou um possível suicida de forma precoce e pode auxiliar a prevenir e resguardar uma vida!

 

 

Shandy Gama
Clinica FMC: Av. Min. Marcos Freire, 1615, sala 311 – Olinda Clinical Center – Bairro Novo, Olinda. Fone: 3494.3247

Rua Senador José Henrique, 103, sala 301 – Edf. Praia de Guarapari – Ilha do Leite, Recife

CENTRAL DE MARCAÇÃO DE CONSULTAS: 4100.068198871.0681

@shandygamapsicologia

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Copyright © 2017 - verasoutomaior.com - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Viva Comunicação PE