Figura de Linguagem Sinestesia com Dilsa Farias


A sinestesia é uma figura de linguagem que faz parte das figuras de palavras. Ela está associada com a mistura de sensações relacionadas aos sentidos: tato, audição, olfato, paladar e visão. Sendo assim, essa figura de linguagem estabelece uma relação entre planos sensoriais diferentes.

O compositor Alceu Valença coloca nessa música a linguagem figurada para conquistar alguém.

Vejam que ele conseguiu compor uma música usando alguns dos cinco sentidos e dá para entender e interpretar de formas variadas.

Morena Tropicana

(Alceu Valença)

Da manga rosa, quero o gosto e o sumo Melão maduro, sapoti, juá Jaboticaba, teu olhar noturno Beijo travoso de umbu-cajá

Pele macia, ai, carne de caju Saliva doce, doce mel, mel de uruçu

Linda morena, fruta de vez temporana Caldo de cana caiana, vem me desfrutar! Linda morena, fruta de vez temporana Caldo de cana caiana, vou te desfrutar!

Morena tropicana, eu quero teu sabor Ai, ai, iô, iô Morena tropicana, eu quero teu sabor Ai, ai, ai, ai

Nessa música os compositores substituem alguns termos, usando a linguagem figurada, interpretativa, subjetiva. Eles não vão direto ao ponto. É dessa forma que o autor faz uso da criatividade.


Observem mais ou menos o que ele quis dizer através da sinestesia.

Da manga rosa, quero o gosto e o sumo Melão maduro, sapoti, juá = ele tenta conquistá-la comparando-a com esses sabores.

O gosto e o sumo= o beijo

Jaboticaba, teu olhar noturno= ela tem olhos negros

Beijo travoso de umbu-cajá= o sabor é inesquecível, trava no pensamento dele.

Pele macia é carne de caju= compara a pele dela com a maciez da fruta

Saliva doce, doce mel de uruçu = foi ao extremo em relação ao sabor do beijo dela.

Fruta de vez temporana = Ela é jovem, mas já é uma bela mulher.

Vou te desfrutar, vem me desfrutar = vou te amar, te acariciar, vem fazer o mesmo comigo.

Morena tropicana- ela é da região tropical, quente, do (Nordeste)


Então tem várias interpretações e a beleza da letra está na criatividade e inteligência do compositor, como também na belíssima interpretação musical. È justamente o que Alceu Valença nos passa, mesmo de forma indireta.

A linguagem figurada oferece essa oportunidade de suscitar nas pessoas o raciocínio e assim desenvolver mais a nossa capacidade de interpretar.

Os compositores mais inteligentes, usam sempre a linguagem figurada em alguns dos versos da música. Então, é quando podemos classificar a música de boa qualidade.



Dilsa Farias, Professora de Língua Portuguesa e Literatura. Atualmente, ocupa uma cadeira na Academia de Letras e Artes de Gravatá como Historiadora e Colecionadora de fotos antigas da cidade e de seu povo. Como Historiadora, ela se empenha em resgatar o passado da cidade e registrar o presente. E-mail: dilsamaria@gmail.com