Neurofeedback e seus benefícios


A técnica de neurofeedback é um tratamento que devolve o pleno funcionamento cerebral por meio da neuromodulação autorregulatória não invasiva, não medicamentosa, sendo indicado para a condução de diversas disfunções neurológicas. O neurofeedback permite que o paciente trabalhe diretamente em desafios definidos durante a consulta é assim redesenhe o seu raciocínio por meio de erros e acertos.


O procedimento do neurofeedback é, então, baseado em um programa de computador conectado ao paciente por meio de eletrodos sobre o couro cabeludo, que captam as emissões elétricas dos neurônios e enviam sinais à máquina pela qual o médico visualiza e interpreta as reações do paciente aos estímulos gerados.

A análise se dá a partir dos sensores que captam os sinais elétricos dos neurônios, que são decodificados e processados pelo software. Com isso, o funcionamento do cérebro pode ser acompanhado em tempo real e permite ao especialista a abordagem mais apropriada em resposta aos estímulos apresentados.

A gama de ação do neurofeedback é ampla, sendo indicado para o tratamento das seguintes patologias: Alcoolismo, Autismo, Demência, Depressão, Dificuldade de concentração e memória, Distúrbio alimentar, Distúrbio de aprendizagem, Doença de Parkinson, Enxaqueca, Estresse, Fibromialgia, Hiperatividade, Insônia, Otimização de performance mental, Síndrome de Down, Síndrome do pânico, Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), Transtorno do Déficit de Atenção (TDAH) e Transtorno do Estresse Pós Traumático (TEPT).


Serviço:

Psicanalista Karla Françoise Gonçalos

Rua Blumenau, 178, sala 906, América, em frente ao Hospital dona Helena, Joinville/SC

Tels. 47 3030 2026 | 47 9 9773-4917

@karlafrancoisegoncalos


Fonte: Jornalista Leandro Camargo