top of page

Premiado cantor e produtor musical Herbert Lucena nos palcos de vários Polos do São João de Caruaru


O premiado cantor e produtor musical caruaruense Herbert Lucena estará no Maior e Melhor São João do Mundo em quatro momentos memoráveis. O coquista, que ganhou o último prêmio em maio, como melhor álbum de cultura popular no Prêmio da Música de Pernambuco com o álbum Sincopadamente Jacinto, já foi agraciado com diversos prêmios nacionais e também fez carreira internacional.


Herbert estará subindo ao palco do Polo Alto do Moura, no próximo dia 17 (sábado), às 12h, fazendo seu show solo, com muito coco e sonoridade raiz para os amantes da boa música popular nordestina. Lucena ainda fará participações especiais no dia de São João, 24, no Polo Azulão, durante as célebres homenagens aos 80 anos de João do Pife, e do aniversariante da noite, o mestre Azulão.

Já no dia 25 (domingo), no Polo Azulão, será a vez da estreia do novo projeto do premiado artista: Jacinto é Festa. Uma homenagem ao mestre Jacinto Silva, com participações super especiais de convidados ilustres.


Encerrando o São João, no dia 1º de julho, Herbert estará no Pátio do Forró Luiz Lua Gonzaga, com o Maestro Spock.


*Projeto Jacinto é Festa*


"Jacinto é Festa" é o novo projeto de Herbert Lucena e será lançado no Maior e Melhor São João do Mundo, em Caruaru, dia 25 de junho, no Polo Azulão. O maior objetivo é exaltar a obra do renomado compositor brasileiro Jacinto Silva, reconhecido como um dos maiores representantes do ritmo musical "Coco" e da cultura nordestina.


A banda, que acompanha o projeto, conta com 10 músicos e tem a direção e arranjos do multi instrumentista Alexandre Rasec. A iniciativa promoverá apresentações de 12 artistas de quatro estados nordestinos: Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte e Paraíba, regiões que possuem uma forte influência do "Coco de Roda".


Dentre os talentosos artistas confirmados estão Luizinho Calixto (PB), Renilda Cardoso (PE), Lula Viegas (PE), Walmir Silva (PE), Azulinho (PE), Mel Nascimento (AL), Mary Alves (AL), Poesia Musicada no Pandeiro (AL), Eliezer Setton (AL), Cosme Rogério (AL), Khrystal (RN) e o próprio Herbert Lucena (PE).


O projeto “Jacinto é Festa", inclui uma palestra especial ministrada pelo professor e escritor Luciano José, que abordará a trajetória musical de Jacinto Silva e sua relevância para o cenário da música nordestina.


*Herbert Lucena*

Herbert Lucena iniciou sua carreira musical muito jovem como baterista em várias bandas. Sempre sentiu uma grande admiração pela parte rítmica das bandas de pífanos e esse sentimento o levou a introduzir esta formação percussiva em seu primeiro trabalho solo, o CD “Na pisada desse Coco”, lançado em 2004, e realizando diversos shows com a formação da Banda de Pífanos no palco.


*Produções*

Em 2005 criou o selo Coreto Records onde produziu e lançou vários artistas da cultura popular brasileira, a exemplo dos CDs “Viola e Amigos”, do poeta e repentista Zé Vicente da Paraíba (2005); “Solte o Azulão”, do cantor Azulão (2006); “Desabafo de Artista”, do cantor Walmir Silva (2007); além do Grupo Mazuca de Agrestina (2008) – o primeiro do gênero lançado no Brasil, e que mereceu a indicação como melhor grupo regional no Prêmio da Música Brasileira (PMB), em 2009.


Herbert também produziu e dirigiu o CD “A Revolução dos Pebas” (2008), do grupo pernambucano Fim de Feira, contemplado no PMB, em 2009, com o título de melhor grupo regional. Em 2011 lançou pela Coreto Records, nas versões LP e CD, o seu segundo trabalho solo: "Não me peçam jamais que eu dê de graça tudo o que eu tenho pra vender". Com este trabalho, Herbert Lucena teve quatro indicações no 23º PMB em 2012, vencendo em três categorias, tornando-se um dos artistas mais premiados da grande noite da música, na concorrida cerimônia de entrega realizada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.


*Prêmios*

Herbert foi agraciado como Melhor Cantor Regional, Melhor Álbum Regional e Melhor Projeto Visual (designer Evandro Borel). Além do citado Prêmio da Música Brasileira, o mais importante do país, Herbert Lucena foi vencedor em vários festivais de músicas, entre eles: Festival de Música e Arte de Garanhuns 2009 (3º lugar – melhor música), Festival de Músicas do Cangaço 2010 e Prêmio da Música Pernambucana, em 2010 e 2015. Em maio de 2023, ganhou, juntamente com a cantora Mel Nascimento, o prêmio de melhor álbum de cultura popular no Prêmio da Música de Pernambuco, com o álbum "Sincopadamente Jacinto".


*Carreira Internacional*

Nos anos de 2007 e 2008 fez turnês internacionais em cidades da França (Alençon, Issoire, Gannat, Le Donjon, Vichy, Clermont-Ferrand, Puy-Guillaume, Echassieres, St-Yorre e Cusset), a convite da UNESCO e CIOFF, divulgando a cultura da Região Nordeste do Brasil.


*Composições*

Como compositor, tem músicas gravadas por artistas brasileiros, entre os quais: Dominguinhos, Silvério Pessoa, Josildo Sá, Terezinha do Acordeon, Irah Caldeira, Novinho da Paraíba, Azulão de Caruaru e Valdir Santos. Em 2022, lançou o CD “Sincopadamente Jacinto”, em parceria com a cantora alagoana Mel Nascimento. que ganhou o último prêmio.





Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page