top of page

Programa AgroNoronha lançado no arquipélago


A Administração de Fernando de Noronha, através de um acordo de Cooperação Técnica com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), lançou, na quarta-feira (10), o AgroNoronha. O programa envolve três frentes: agricultura familiar, com o Mãos à Horta; reflorestamento, com o Noronha Mais Verde, e a pesca, através da Pesca Sustentável.


O evento vai aconteceu no auditório da Erem Fernando de Noronha, às 17h, com a presença da administradora da ilha, Thallyta Figuerôa; do presidente do IPA, Joaquim Neto; do secretário de Agricultura de Pernambuco, Aloísio Ferraz; do presidente da Anpesca, Orlando José, e da presidente do Noronha Terra, Lourdes lves.


Segundo Thallyta, para este primeiro ano de gestão “estão sendo preparadas ações extremamente importantes, que têm o potencial de transformar a pauta ambiental e também a qualidade de vida da população de Noronha”.


O gerente de Meio Ambiente, Ramon Abelenda, afirmou que a elaboração do programa foi trabalhada para deixá-lo estruturado, de forma sólida, e que consiga alcançar os objetivos traçados. “Sabemos do grande potencial das frentes que vamos desenvolver, que são a agricultura familiar, a pesca sustentável e as práticas de arborização e reflorestamento. Agora chegou a hora de apresentá-lo à sociedade noronhense e convocar todos para abraçar essa iniciativa, que, certamente, trará ganhos ambientais, sociais e econômicos à ilha", disse.


Mãos à Horta - O programa será focado na implantação de hortas familiares e escolares, com busca ativa de famílias interessadas em participar das atividades. Entre elas, estão capacitação (80h) em práticas de cultivo e colheita, com informação nutricional de legumes e verduras, e educação ambiental.


As atividades serão acompanhadas por uma equipe técnica do projeto e terão monitoramento mensal individual. O intuito é garantir a manutenção e efetivação da colheita por parte das famílias, em especial as em situação de vulnerabilidade alimentar e nutricional, através da produção de hortaliças básicas, minimizando os gastos dos participantes com aquisições de alimentos do continente.


Noronha + Verde - O programa tem como objetivo colaborar com o planejamento e manejo de árvores adequados ao arquipélago, para o controle e redução de espécies invasoras, ampliando as áreas verdes e promovendo a produção de espécies de mudas nativas.


Tendo em vista a grande problemática ambiental de espécie invasora leucena, o programa executará ainda um plano de gestão de qualidade ambiental. A finalidade é erradicar de forma controlada, além de mapear as possíveis áreas verdes e elaborar projetos de reflorestamento, ampliando a cobertura vegetal nativa da ilha, com a implantação de um viveiro de mudas nativas.


Pesca Sustentável - Tem como objetivo promover a qualificação das atividades de pesca sustentável no arquipélago, garantindo a qualidade na captação, armazenamento e comercialização. Os pescadores inscritos terão a oportunidade de receber mais de 150h de capacitação em boas práticas de pesca, manejo do pescado, fabricação de gelo e conscientização ambiental.


Eles também terão acesso à assessoria técnica, para a regularização de suas atividades, e ferramentas de trabalho, como as embarcações. A principal entrega do projeto é a finalização da Fábrica de Gelo, importante instrumento para a atividade.




Commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
bottom of page