O que é ser forte pra você? com o Psicólogo Shandy Gama


Durante 6 anos de profissão, 11 anos estudando a psicologia e o comportamento da sociedade contemporânea eu consigo perceber de maneira cada vez mais clara o quanto que nós temos uma visão deturpada do que é ser “forte”! Quando te questionam “como ser forte?” Não é incomum interpretações do gênero: Forte é aquele não demonstra fraqueza, forte é aquele que não se abala com nada, forte é aquele que não precisa de ajuda… mas, interpretações desse gênero é entendível quando percebemos a cultura que recebemos. Por exemplo, quem nunca já ouviu do pai ou da mãe que “homem não chora”, “engole o choro”, “tá chorando porque? Você não é forte?”… percebe que todas essas frases acabam passando a ideia de “não demostre suas fraquezas, esconde-làs.” Como se você aparentar fraqueza ou demonstrar precisar de ajuda fosse algo muito negativo, e assim crescemos por essa premissa.


Não é por acaso percebermos que, ainda hoje, existe muito preconceito diante da psicoterapia ou da psicologia. Porque para nós, é como se nós estivéssemos assumindo que precisamos de ajuda, que sozinho não vamos a lugar nenhum ou até mesmo demonstrar que temos problemas (quando todos nós temos nossos dilemas e dificuldades).

Sendo assim a “herança” negativa que recebemos dessa cultura que “reprime suas emoções” são cada vez mais adoecimentos psíquicos, índices de ansiedade e depressão em escalas cada vez maiores. Nós já refletimos em outros textos aqui publicados, que quanto mais eu negligencio minhas emoções, mais margem de adoecimento eu estou sujeito a passar, porque mente e corpo é um só!


Logo, então o que é ser forte de verdade? Ser forte, na verdade, é a capacidade de resiliência em que cada um tem dentro de sí! Ou seja, é a capacidade de se reerguer diante de uma dificuldade ou de um problema, é sim levar uma “rasteira” da vida mas também saber levantar, sacudir a poeira e seguir em frente. Ser forte é ser resiliente e jamais volte a confundir novamente ser forte com nunca demonstrar suas fragilidades emocionais, até porque nós não somos fortes o tempo todo!

-Shandy Gama.

CRP:02/19603.